The open mind school

Início » Sem categoria » Cão e homem: uma amizade que já dura milhares de anos.

Cão e homem: uma amizade que já dura milhares de anos.

homem_cachorro

Há aproximadamente 100 mil anos, um lobo cinzento se aproximou de um ser humano. Ambos eram ainda versões mais rústicas do que são hoje, mas isso não atrapalhou a aproximação. O homem viu certa utilidade no cão, afinal, tinha acabado de se mudar para uma caverna, e queria garantir a segurança de sua casa. Passou a alimentar o lobo, oferecer abrigo, e a moda pegou no neolítico.

Com a prática se espalhando, os lobos eram cruzados, e o lobinhos cinzentinhos mais bravinhos eram mortos. Essa relação pragmática deu início à seleção artificial que o homem faz nos cães desde então. Com o passar de milhares de anos, os cães e os homens ficaram menos selvagens, tornando a relação de ambos mais afável, e por vezes, inusitada.

Além de cães de guarda, haviam cães de caça e cães de guerra. No Egito Antigo, cães podiam ser deuses, como Anubis. Na Grécia de Sócrates, lambidas eram sinônimo de cura, e data-se do Império Romano a primeira plaquinha de aviso “Cuidado com o cão”. Com tanta empolgação entorno da relação humano x cão, a Igreja Católica sentiu-se ameaçada, e decretou o cão uma entidade demoníaca.

Os Papas tentaram segregar os cães de suas terras, mas não conseguiram. Os cachorros foram levados em movimentos demográficos e militares por toda eurásia. Em seguida, foram levados em viagens pelos mares, guerras e explorações. Quando os europeus invadiram a América, levavam alguns cães nos navios. E tiveram uma surpresa! Também havia cães naquela terra distante, diferentes, menos variados, é verdade; mas eram cães na América pré-colombiana.

No renascimento e sua burguesia, os cães ganharam uma imagem de luxo e companhia. Foi o boom da seleção artificial, pois presentear com um cão era um gesto belo e nobre. Dependendo da situação, também é nos dias de hoje… De lá para cá, o mundo mudou muito, mas a relação entre cão e homem, não. A seleção artificial introduziu várias características, algumas inclusive indesejadas, nas mais de 200 raças catalogadas.

Quer aproveitar essa relação milenar, aceitando um cão em sua família? Confira o curso RECEBENDO SEU AMIGO CÃO: Prepare-se para a chegada do mais novo membro da família e aprenda a educá-lo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: